NotíciasRetro Games

O que são ROMs, símbolos e abreviações

Tudo que você precisa saber sobre ROMs

Todo mundo já deve ter ouvido um dia a palavra ROM! Principalmente se joga videogame e é um entusiasta a jogos antigos e emuladores.

Mas o que significa ROM? O que são aqueles símbolos e abreviações que aparecem no final das ROMs? Nesse artigo você finalmente ficará por dentro de todos os detalhes que deveria saber sobre ROMs.

o que e roms

O que é ROM?

Uma Imagem ROM – Read Only Memory (em português “Memória apenas para leitura”) é uma cópia em arquivo de um chip de memória ROM, muitas vezes um cartucho de video-game, o firmware de um sistema ou de uma máquina de Arcade.

O termo ROM é utilizado também para outros tipos de memória não voláteis tais como PROMs, EPROMs, EEPROMs e Memórias Flash. Muitas vezes, é utilizado incorretamente para imagens de CDs ou DVDs ou mesmo de fita cassete. Os termos corretos para estes casos são Imagem de disco e Imagem de fita, respectivamente.

ROMs ou jogos para emuladores e consoles são softwares como quaisquer outros. Portanto, seu uso indevido está sujeito aos rigores da lei.

Tipos de ROMs

ROMs em geral podem ter vários formatos de arquivos. Normalmente ligado ao tipo de sistema qual foi extraído. Veja alguns exemplos abaixo de formatos de arquivos de ROMs de videogames.

  • Atari 2600 – .a26
  • Game Boy Advance – .gba
  • Master System – .sms
  • Mega Drive – .bin, .gen, .smd
  • Nintendo 64 – .n64, .v64, .z64
  • Colecovision – .col

Normalmente esses arquivos do exemplo acima, são retirados de cartuchos dos variados modelos de consoles de videogames. Já roms extraidas de fliperamas / arcades, normalmente são em formato .zip, por conter vários arquivos.

Alguns emuladores e front-end, como o Batocera e Recalbox por exemplo, consegue ler em sua maioria arquivos de roms em formato .zip. O que ajuda e muito em termos de espaço, já que arquivos .zip são os arquivos originais, porém, compactados.


Hack ROMs

ROM Hacking é um processo que modifica as ROMs originais de jogos eletrônicos, com propósitos diversos. Como fazer traduções, corrigir alguns defeitos, criar novos jogos, novas fases, alterando e adicionando novas músicas ou efeitos e muito mais.

A edição de ROMs é considerada violação de propriedade intelectual, porém como o mercado latino americano de jogos é pequeno, poucos jogos (de gerações passadas) eram lançados ou tinham a opção do idioma português ou espanhol. Sendo então um desses um dos principais motivos que leva a quem edita as roms (romhackers) a editar os jogos para eu idioma.


Símbolos e abreviações das ROMs

Normalmente quando se faz um download de alguma(s) ROM(s), ela(s) vêm cheio de símbolos e abreviações no final do nome do jogo. São tantos e diversos símbolos e abreviações que às vezes a gente acaba baixando as roms e nem sabemos sequer o que significam.

As abreviações servem para definir diversas coisas, como por exemplo, a origem do jogo, se ela recebeu tradução, se é hack, se a Dumpagem foi bem feita, se existe algum cheat embutido nela, correções, em fim, várias informações podem ser tiradas somente entendendo essas siglas.

As roms disponíveis na internet seguem geralmente um padrão de nomes e símbolos. Veja na lista a seguir o que cada um significa. Para uma melhor orientação na hora de baixar suas roms, é bom sempre ter guardado esta lista, pois a maioria das pessoas desconhecem seu significado:

Siglas da Nacionalidade (origem) das ROMs

(A ou Australia) – Australiana;
(B ou BR ou Brazil) – Brasileira;
(C ou China) – Chinesa;
(E ou Europe) – Europeia;
(F ou France) – Francesa;
(FN ou Finland) – Finlandesa;
(G ou Germany) – Alemã;
(GR ou Greek) – Grega;
(HK ou Hong Kong) – Hong Kong;
(I ou Italy) – Italiana;
(J ou Japan) – Japonesa;
(K ou Korea) – Coreana;
(NL ou Netherlands) – Holandesa;
(PD ou Public Domain) – Dominio Público (Classificada como “Sem fins lucrativos”);
(S  ou Spain) – Espanhola;
(SW ou Sweden) – Sueca;
(U ou USA) – Inglês – ROMs de jogos americanos também podem vir com (E) ou (UE) ou (U)(E));
(UK) – Inglaterra – Inglês;
(Unk) – País Desconhecido;
(-) – País Desconhecido.


Siglas de Tradução das ROMs

(T+Rus) – Russo;
(T+Por) – Português;
(T+Br) – Português BR;
(T+Eng) – Inglês;
(T+Chi) – Chinês.
E assim por diante conforme as siglas de sua origem original.

O sinal de Subtração (-) indica que a tradução ainda não foi completada;
O sinal de Soma (+) indica que a tradução está finalizada (100%).

Siglas de Dumpagem, revisão e outros de ROMs

[!]Verified Good Dump (dumpagem verificada) – ROM livre de erros e falhas que prejudicaria sua emulação. Dê preferências para ROMs com esse símbolo pois este virá com a melhor qualidade;
[a] ou [PRG] – Alternate (alternativo, suplente) – O jogo que foi dumpado tem mais de uma versão que pode apresentar diferenças;
[b] – Bad Dump (dumpagem mal sucedido) – A ROM apresenta problemas;
[BF] – Bug Fix (erro corrigido) – O Dump sofreu um fix pós-dump, ou seja depois que foi dumpado sofreu alguma programação para corrigir algo;
[c] – Cracked (craqueado) – A placa ou chip que apresenta proteção sofreu alguma alteração para que o DUMP fosse possivel. (Seja fisica ou por meio de programação);
[f] – Other Fix (outro reparo) – A ROM foi reparada de outro método como uso de patches ou seguindo regras de outra ROM que possui programação ou proteção semelhante;
[h] – Hack (versão hackeada) – ROM alterada diretamente por reprogramação;
[ou.] ou [o] – Overdump (descarga excessiva) – Uma ROM com overdump significa que os dados adicionais ou extras foi dumpado, mas que não contribui nada para ser emulado, é uma ROM suja a curto modo. (É como se fosse dados “NULL” que preenchem um Game);
[p] – Pirate (versão pirata) – É uma ROM de origem pirata, por exemplo um DUMP do jogo Sonic do Super Nintendo, sabe-se que é um hack, mas o dump não alterou nada da origem;
[t] – Trained (adicionado cheats) – ROM já vem com um trainer imbutido, possibilitando vários cheats;
(Unl) – Unlicensed (Sem licença) – DUMP de games ou aplicações não licenciadas (Ex: Fun Car Rally do Genesis que não foi licenciado pela Sega);
[x] – Bad Checksum (má soma de verificação) – Cada ROM possui um numero que indica se todos o bytes de informação estão corretos, se os 2 estão corretos é um Good checksum, mas se forem diferentes acaba resultando em um Bad Checksum (É um assunto complicado, mas um Bad Checksum não é tão problemático quanto um Bad Dump [b]);
ZZZ_ – Unclassified (sem classificação) – ROM que não recebeu classificação alguma;
[!] – Verified Good Dump (boa dumpagem e verificada) – ROM livre de erros e falhas que prejudicaria sua emulação. Dê preferências para ROMs com esse símbolo pois este virá com a melhor qualidade;
(???k) – ROM Size (tamanho da ROM) – É o tamanho da ROM sem compressão EX: (1024k);
(Proto) – Prototype Cartridge (prototipo de cartucho) – Esta é uma compilação de um jogo inacabado;
(Beta) – Beta Cartridge (cartucho beta) – Esta ROM, assim como a Proto, também é uma compilação de um jogo inacabado;
(V1.0), (V1.1), etc. – Número de vezes que o game foi Dumpado;
(Rev00), (REV01), etc – Número de revisão que a Dumpagem recebeu;
(Unl) – Unlisenced (Não licenciado) – Possivelmente uma dumpagem de uma versão pirata;
[HI] – Introdução cortada;
(MP) – Mega Play.

Códigos Especiais de ROMS

[C] – Cor GameBoy
[S] – Super GameBoy
(M#) – Multilanguage (# of Languages) – Multilenguajes (# de linguagem)
[M] – Gracioso Only (NeoGeo Pocket)
(PC10) – PlayChoice 10 (NES) – (Opção 10 do jogo)
(1) – Japan (Genesis)
(4) – USA (Genesis)
(5) – NTSC Only (Genesis)
(8) – PAL Only (Genesis)
(BS) – BS ROMS (SNES)
(ST) – Sufami Turbo (SNES)
(NP) – Nintendo Power (SNES)
(Adam) – ADAM Version (Coleco)
(PAL) – PAL Video
(PC10) – PlayChoice 10 (NES / Famicom)*
(VS) – Modo versus no PlayChoice 10 (NES / Famicom)**

*O PlayChoice 10 era uma unidade de fliperama que reproduzia cópias exatas dos jogos da NES em um gabinete de fliperama. As máquinas tinham 10 jogos para escolher e funcionaram por cerca de 3 minutos a 25 centavos.

**O sistema Versus rodava em hardware semelhante ao das máquinas PC10, mas simplesmente permitia que você jogasse um contra o outro.


Agora que vocês sabem o significado real da palavra ROM e seus símbolos e abreviações, preciso que saibam de algo não menos importante: não renomeiem suas ROMs! Eu mesmo, quando não entendia nada sobre ROMs e muito menos o que significava esses símbolos depois dos nomes dos jogos, vivia renomeando os arquivos que eu baixava para ficar “mais bonito e amigável” o nome das roms (sim eu tenho toque). Porém nunca imaginava que esses símbolos e abreviações nas ROMs não estava ali atoa.

Mas eu digo para vocês não renomearem as roms, pois caso usem algum programa e/ou serviço para baixar capas, videos e/ou informação dos jogos, o programa ou serviço pode não detectar sua rom e o serviço não funcionar.


Sabe mais curiosidades ou informações sobre ROMs? Deixe nos comentários!

Fontes: WikipediaGamer DesconstrutorSNES ForeverGuanumby Gamenet

Rafael Gouveia

Meu nome é Rafael Gouveia, tenho 36 anos e sou amante de videogames. Apesar de considerar o SNES o melhor console já lançado, sou apaixonado pela franquia Resident Evil, Tomb Raider e Silent Hill do PS1. Porém bastante eclético quando se trata de jogos e simuladores em geral, então resolvi criar o RG Games para trazer o melhor conteúdo para quem ama o mundo dos games.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Por favor, desative seu AdBlock!

O blog RG Games há tempos traz os melhores artigos, guias e notícias do mundo dos games, porém não conseguimos fazer isso sem os (bem pequenos) rendimentos provenientes de publicidade.  
Os anúncios exibidos no RG Games são a única fonte de renda que temos para manter o blog no ar. Temos despesas gerais, como servidores, atualizações, programação entre outros.  
Então, pedimos gentilmente que desabilite seu Adblock e acesse novamente!